Curiosidades sobre o clareamento dental

tamanho-dos-dentes
Como é possível aumentar tamanho dos dentes?
13 de maio de 2016
halito
O constrangimento do mau hálito
5 de agosto de 2016
clareamento

clareamento dental

Quem nunca sonhou em ter a aparência das atrizes e modelos famosas? Sem dúvida nenhuma, qualquer mulher ou homem deseja ter um sorriso de galã de novela. Mas nem sempre é possível. Afinal, existem alimentos e hábitos não tão saudáveis que fazem os dentes ficarem escurecidos ou manchados, etc. Muitas vezes mesmo com uma excelente higiene bucal, os dentes não ficam tão branquinhos como os dos artistas de TV. Então, o que fazer? A melhor solução é clareamento dental.

O que é clareamento dental?

Como o próprio nome diz, clareamento dental é uma técnica, seja feita em casa ou em consultório, para clarear os dentes.
Além da higiene bucal diária, há uma gama de produtos no mercado com os componentes químicos e percentuais corretos que possibilitam o efeito de um clareamento. No entanto, nada mais é que deixar os dentes com uma tonalidade mais branca. Ademais, ressalta-se que não é recomendado fazer nenhuma técnica ou procedimento para clareamento dental sem a orientação e a supervisão de um dentista.

Ou seja, mesmo fazendo o clareamento caseiro, ele é feito em casa seguindo as orientações do dentista. Dessa maneira, usa-se uma moldeira de silicone, que será preenchida com um gel que possui a substância clareadora. Essa moldeira será utilizada diariamente por um período pré determinado. Se você não quer se dar o trabalho de solicitar a confecção da moldeira e fazer esse procedimento em casa, a outra opção é fazer o clareamento no consultório. Assim, usa-se um gel que tenha uma concentração muito maior de ativo clareador. Para potencializar o efeito, é utilizada fonte de luz, seja LED ou laser. O clareamento dental é feito em duas ou três sessões semanais.

5 curiosidades e dicas sobre o clareamento dental

1.   Cuidado: fazer clareamento caseiro requer paciência! Afinal, a moldeira deve ser utilizada diariamente durante quase três semanas. Lembrando que, a depender do dente e da concentração do clareador, pode ser necessário ficar com a moldeira de 30 minutos até oito horas por dia.
2.   Quando realizado em consultório, o clareamento que utiliza o laser pode deixar os dentes sensíveis. Isto ocorre por conta da concentração maior da substância clareadora.
3.   É possível realizar as duas técnicas de forma conjunta. Ou seja, começa-se o tratamento com a moldeira e depois se faz o uso do laser, em consultório. Vale lembrar que a técnica de clareamento dental com laser tem o valor mais elevado.
4.   É importante ressaltar que durante o clareamento dental não se pode consumir alguns alimentos. Pois há mais chances de absorção dos pigmentos desses alimentos. Dentre eles estão: vinho tinto, refrigerantes à base de cola, suco de uva, café, chás e beterraba. E também se deve evitar, pois a nicotina amarela os dentes.
5.   O clareamento é contraindicado para algumas pessoas. Por exemplo, para quem tem sensibilidade nos dentes ou fez muitas restaurações. Ou ainda, pessoas que tenham manchas causadas pelo uso do antibiótico tetraciclina, gestantes e menores de 16 anos.

Viu como o clareamento dental é mais simples do que você imaginava! Claro que é preciso tomar alguns cuidados e, sobretudo, consultar seu dentista. E você, já fez algum tipo de clareamento? Conte-nos como foi o resultado!

Últimos posts por Claudia Pellegrino (exibir todos)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *